Article

lock Open Access lock Peer-Reviewed

0

Views

ORIGINAL ARTICLE

Operated children and familiar conditions. What changes? A study in the Heart Institute. University of São Paulo, Brazil

Laís S CrochikI; Iris F BertaniI; Miguel Barbero-MarcialI

DOI: 10.1590/S0102-76381995000400006

ABSTRACT

From March to August 1993, parents of 57 children between 0 and 7 years old, with congenital cardiopathies, hospitalized for surgical treatment were studied; 94.5% came from the urban zone and 86% from familiar groups who not exceeded 5 people. In the familiar group, 56.5% of the fathers and 58% of the mothers had elementary school; 41 % of the fathers had technical occupation and 72% of the mothers had no professional qualification (housewives). The following subjects were studied: a) professional changes of parents; b) modifying in interpersonal relationship; c) difficulties fo face the surgery moment; d) future hopes related to the surgical child. The results showed that, for young couples of low medium social class, concerning the stage of familiar structuring, a sick member and the fact of the cardiac surgery, present stress and some avoid to speak about the future.

RESUMO

No período de março a agosto de 1993, 57 familiares de crianças com idades entre 0 e 7 anos portadoras de cardiopatias congênitas, internadas para tratamento cirúrgico, foram entrevistados. Destes, 94,5% procedem da zona urbana e em 86% o grupo familiar não ultrapassa 5 pessoas. Das famílias estudadas, 56,5% dos pais e 58% das mães apresentam instrução primária e 41 % dos pais possuem ocupação de nível técnico e 72% das mães não têm qualificação profissional. Foram estudados os seguintes itens: a) mudanças profissionais dos pais após o nascimento do filho; b) alterações no relacionamento interpessoal; c) dificuldades para enfrentar o momento da cirurgia; d) expectativas futuras com o filho operado. Os resultados mostraram que, para os casais jovens de classe social média baixa e em fase de estruturação familiar, o aparecimento de um membro doente e o evento da cirurgia cardíaca identificam áreas de estresse e alguns evitam falar do futuro.
Full text available only in portuguese PDF format.

REFERENCES

1. FREITAS, C. B. D. - Estrutura do atendimento à saúde da criança no Brasil. Rev. Bras, de Crescimento e Desenvolvimento Humano, 3(1): 64-76, 1993.

2. HEART CHILDREN: a practical handbook for parents of children with congenital heart problems. Camberley, Heart Line Association, 1989.

3. KLAUS, M. H. - La relación madre-hijo. Buenos Aires, Editorial Médica Panamericana, 1978.

4. LAMOSA, B. W. R. - Abordagem psicológica da criança cardiópata. Cardiologia Pediátrica. São Paulo, 1984. p. 279-281.

5. MONTEIRO Fº, L; LOPES NETO, A. A; RANGEL, A. M. H; MONTEIRO, M. T. S. - O programa de hospitalização da criança acompanhada (PHOCA) do Hospital Municipal Souza Aguiar. J. Pediatria, 64: 242-247, 1988.

6. MOUTH, R & SILVA, S. L. A. - Repercussões psicológicas da hospitalização na criança e sua família. Pediatria Moderna, 19(8), 1984.

7. REDOGLIA, S.; RANNA, N.; TULHA, O. M. P. A. T.; NOSEK, L. - Relato de uma experiência com grupo de pais de crianças internadas com patologia clínica. Rev. Pediatria, 1: 61-68, 1979.

8. RODRIGUES Fº, J.; COSTA, W.; IENO, G. M. L - Determinantes de utilização do cuidado pré-natal entre famílias de baixa renda no Estado do Paraná, Brasil. Rev. Saúde Pública, 28: 284-289, 1994. [MedLine]

9. SANTOS, M. E. R. - A hospitalização da criança: a visão do familiar. J. Pediatria, 56: 391-395, 1984.

10. SAUNDERS, E. J. - Services for infants and toddlers with disabilities: idea. Part. H. National Association of Social Workers, 20 (1): 39-45, 1995.

11. SUAREZ, R. S. R. & ARRIAGA, A. L. - Cuanto saben los padres sobre la enfermedad de su hijo hospitalizado? Bol. Méd. Hospital infantil México, 42: 226-233, 1985.

12. ZIOLKO, M. E. - Counseling parents of children with disabilities: a review of the literature and implications for practice. J. Reabilitation, 57: 29-34, 1991.

Article receive on Thursday, August 31, 1995

CCBY All scientific articles published at bjcvs.org are licensed under a Creative Commons license

Indexes

All rights reserved 2017 / © 2020 Brazilian Society of Cardiovascular Surgery DEVELOPMENT BY