Article

lock Open Access lock Peer-Reviewed

0

Views

EVENT LOCATION

“Loira desposada do Sol”

Fortaleza, a força turística da gastronomia, manifestações culturais, história, entretenimento e muita alegria. É uma efervescência de ritmos, cores e sabores.

Município brasileiro, Fortaleza, capital do estado do Ceará, situa-se na região Nordeste do país. Desenvolveu-se às margens do riacho Pajeú, e sua toponímia é uma alusão ao Forte Schoonenborch, que deu origem ao município, construído pelos holandeses durante sua segunda permanência no local, entre 1649 e 1654. Batizada de "Loira desposada do Sol" nos versos do poeta Paula Ney, a metrópole cearense é terra natal de brasileiros de grande renome, como o presidente Castello Branco e o bispo Dom Hélder Câmara, assim como Capistrano de Abreu, Casimiro Montenegro Filho, José de Alencar, Karim Aïnouz, Mauro Peixoto, Rachel de Queiroz, entre outros. É considerada berço de humoristas renomados em todo nosso Brasil, entre eles Tom Cavalcante. É a capital brasileira mais próxima da Europa, a 5.608 km de Lisboa (Portugal).

A economia está centralizada na produção industrial de vestuário e calçados, artefatos de tecidos, couros e peles, produtos têxteis, alimentos e extração e beneficiamento de minerais não metálicos.

Além de suas belezas naturais, Fortaleza cativa seus visitantes pela rica culinária cearense, com peixada, caranguejo, lagosta e o tradicional baião de dois. Também se destaca como atrativo a música local, representada pelo forró, ritmo conhecido pela alegria e sensualidade. Não se pode esquecer também um de seus grandes pontos turísticos: a estátua de Iracema, personagem do livro de mesmo nome do escritor José de Alencar.

Fortaleza, energia que se irradia através dos raios de sol, fazendo despertar em nossas vidas, além de seu tempo, ensinamentos valiosos, para que, a cada dia nessa "Terra da Luz", possamos criar o poder da vida.

 

 

CCBY All scientific articles published at bjcvs.org are licensed under a Creative Commons license

Indexes

All rights reserved 2017 / © 2022 Brazilian Society of Cardiovascular Surgery DEVELOPMENT BY