Article

lock Open Access lock Peer-Reviewed

15

Views

PORTO ALEGRE

Porto Alegre




Porto Alegre ACOLHEDORA

Porto Alegre é a primeira metrópole brasileira em qualidade de vida. Comparado ao de outras capitais brasileiras, o trânsito de Porto Alegre é fluido, e a área relativamente pequena da cidade garante tempo de translado reduzido. O Aeroporto Internacional Salgado Filho fica a apenas 10 km do centro da cidade e a cidade oferece diversas opções eficientes de transporte público.

Com cerca de 1,45 milhão de habitantes, Porto Alegre é atualmente a décima cidade mais populosa do país. Está localizada às margens do Rio Guaíba que é, na verdade, um estuário, famoso pela beleza de seu pôr-do-sol.

Embora seja uma capital altamente desenvolvida e urbanizada, Porto Alegre é também uma das cidades mais arborizadas do mundo, com mais de um milhão de árvores, 409 praças, reserva biológica, nove parques urbanos e a maior concentração de pássaros entre as capitais do país.

Além disso, é uma das capitais brasileiras de mais elevado desenvolvimento humano, e a quarta maior região metropolitana do Brasil. Não é a toa que a cidade foi escolhida como uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, e em virtude disso está prevista a realização de diversas obras, como a duplicação de avenidas e ampliação da linha de metrô que atualmente liga a capital à região metropolitana.

A gastronomia é outro forte de Porto Alegre, que oferece uma vasta gama de restaurantes para todos os gostos -- herança da diversidade cultural que está na própria formação da cidade, constituída ao longo da história a partir de uma mistura de imigrantes açorianos, alemães, italianos, árabes e poloneses. Outras heranças dessa diversidade são a hospitalidade e o calor com que os porto-alegrenses recebem visitantes à cidade.

É justamente essa mistura acolhedora de urbanização cosmopolita com elementos de cidade pequena que torna a capital gaúcha uma excelente opção para quem quer conciliar trabalho/estudo e turismo. Venha nos visitar e experimente por si próprio os encantos da cidade.


Palacio Municipal - Ricardo Giusti


Laçador - Foto: Luciano Lanes



Atrações

Prefeitura de Porto Alegre - Paço dos Açorianos


Ornada em estilo neoclássico, teve sua construção iniciada em 1898. Em frente à Prefeitura encontra-se a Fonte Talavera de La Reina, presente da colônia espanhola em 1935, por ocasião da comemoração do centenário da Revolução Farroupilha. As esculturas que enfeitam a fachada representam a Economia, a Educação e a Política. Foi tombada pelo município em 1979. É onde se localiza o marco zero da cidade. A prefeitura fica na Praça Montevidéu, 10 - Centro.

Mercado Público Central

Foi inaugurado em 1869, mas o segundo piso só foi concluído no ano de 1913. Entre os anos de 1995 e 1996 passou por uma grande reforma, que modificou sua estrutura interna e restaurou a parte externa. Em suas mais de cem lojas encontram-se especiarias e produtos típicos da cultura gaúcha. Restaurantes, lanchonetes e sorveterias complementam a oferta de bens e serviços. Foi tombado pelo município em 1979. Localiza-se no Largo Glênio Peres, s/n - Centro - Praça XV de Novembro.

Chalé da Praça XV

Situado junto ao Largo Glênio Peres, é um dos mais tradicionais bar-chopp-restaurante da cidade, e onde se concentram os últimos fotógrafos lambe-lambe dali. Em estilo bávaro, com traços "art noveau", o centenário Chalé foi erguido em estrutura de aço desmontável, mantendo até hoje os lustres e ladrilhos originais. Fica na Praça XV de Novembro, s/n - Centro.

Largo Glênio Peres

Inaugurado em 1922, dá lugar a manifestações artístico-culturais e políticas. A pavimentação resgata o desenho que existia em frente ao prédio da Prefeitura na década de 1930, semelhante a um tapete persa composto por lajotas em basalto cinza e pedras portuguesas nas cores preto, branco e rosa. É onde fica o Bonde modelo J.G. Brill, utilizado naquela mesma década.

Correios e Telégrafos

Construído no início do século, o prédio caracteriza-se pela influência da arquitetura barroca germânica. As torres assimétricas, com cúpulas em bronze, lembram os capacetes do exército prussiano. No centro do prédio está o Atlante, personagem da mitologia grega condenado a sustentar o mundo em suas costas. Uma figura feminina representando o velho continente, e a figura de um adolescente masculino, simulando o novo continente, integram o conjunto. Foi tombado pelo Patrimônio Nacional em 1981 e fica na Praça da Alfândega, s/n - Centro.

Museu de Arte do Rio Grande do Sul - MARGS

Dono de um estilo predominantemente neoclássico, o prédio foi projetado pelo arquiteto alemão Theo Wiederspahn. Originalmente era sede da Delegacia Fiscal do Tesouro Nacional. Hoje, abriga a maior coleção de obras do Rio Grande do Sul - muitas delas assinadas por renomados artistas locais, nacionais e internacionais. Os espaços internos são iluminados através de "vitreaux" que ornamentam o teto do salão principal. A edificação foi tombada pelo Patrimônio Estadual em 1983. Situa-se na Praça da Alfândega, s/n - Centro. A visitação pode ser feita de terça a domingo, das 10h às 19h.

Arquipélago

O Guaíba recebe as águas dos rios Jacuí, Caí, Sinos e Gravataí. Nas ilhas, nascidas desta confluência de águas, foi criado em 1976 o Parque Estadual Delta do Jacuí. O arquipélago é composto por 28 ilhas, a maioria delas desabitadas. Ali vicejam 329 espécies vegetais, 108 tipos de aves e mais de 30 espécies de peixes, além de centenas de outros animais. Algumas ilhas são ligadas ao continente pela Travessia Regis Bittencourt - a popular Ponte do Guaíba. As ilhas Grande dos Marinheiros, Pavão, Flores e Pintada abrigam uma população de 15 mil pessoas. Os ilhéus vivem da reciclagem do lixo e da pesca, produzindo também artesanato.

Ilha da Pintada

A Ilha da Pintada é uma das que integra o Parque Estadual Delta do Jacuí. Atualmente, a pesca artesanal é a atividade econômica mais representativa do local. Sua população descende de imigrantes açorianos.

Guaíba

O pôr do sol, visto do Lago Guaíba, cobre a cidade de luzes douradas. Diariamente, os mais diversos espectadores aguardam o espetáculo do crepúsculo ao longo de seus 72 km de margem.


Redencao - Ricardo Stricher


Parque Moinhos - Ricardo Stricher



Morros

Um anel de morros graníticos com 730 milhões de anos emoldura Porto Alegre, ocupando 65% da área da cidade. Os morros fazem parte do Escudo Sul-Riograndense - uma plataforma triangular com 48 mil km2, originada de rochas que se fundiram sob pressão e calor intensos no interior da Terra, e que depois emergiram, elevando-se à altura de montanhas. Hoje, desbastadas e fendidas pela erosão de milhões de anos, formam pequenos morros de cume arredondado que dominam a paisagem da capital gaúcha.

Morro Santana

É o ponto mais alto da cidade. Mais da metade de sua extensão - cerca de mil hectares - é propriedade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em seus 311 m de altura encontram-se matas e campos nativos, cachoeiras, banhados, charcos, lagos, córregos e cascatas. Uma paisagem singular.

Morro do Osso

Está localizado entre os bairros Tristeza, Camaquã e Ipanema. Do alto de seus 143 m, com uma visão panorâmica de mais de 200 graus, é possível avistar o Lago Guaíba, a Praia de Ipanema, o Centro de Porto Alegre e alguns morros. Parte dele demarca o Parque Natural do Morro do Osso, que deve ser ampliado em breve. O parque dispõe de uma sede com auditório para atividades educativas, serviço de guarda-parques e programa de educação ambiental.

Morro São Pedro

Situa-se entre os bairros Restinga e Lami. De seus 289 m de altura é possível avistar parte da Zona Sul da cidade, a Praia do Lami e o Farol de Itapuã. Com mais de mil hectares, possui diversas nascentes limpas e preservadas de arroios. Lá encontram-se quatro formações vegetais básicas: o campo limpo, de vegetação rasteira; o campo sujo, com touceiras e com vegetação semi-arbustiva; a mata de galeria, que acompanha os córregos; e a mata ou floresta pluvial subtropical. Além do pica-pau do campo, da perdiz, do sabiá, da corruíra e dos gaviões, vivem nesse morro animais ameaçados de extinção, como o bugio-ruivo.

Morro Santa Teresa

Localizado no Bairro Santa Teresa, esse morro está a 148 m acima do nível do mar, proporcionando uma visão panorâmica da orla do Lago Guaíba ao longo dos parques Marinha do Brasil e Maurício Sirotsky Sobrinho (Harmonia). Do belvedere Ruy Ramos, no seu topo, ainda é possível avistar parte das ilhas do arquipélago, a Usina do Gasômetro e o Centro de Porto Alegre. O Santa Teresa é conhecido por abrigar várias emissoras de televisão e rádio, por isso foi apelidado pela população de Morro da TV.

Jardim Botânico

Com uma área de aproximadamente 43 hectares, o Jardim Botânico fica no bairro que recebeu o seu nome, entre a Avenida Cristiano Fischer e a Avenida Salvador França. Dispõe de coleções científicas com mais de dois mil exemplares, de 725 espécies vegetais, distribuídas nas diferentes áreas abertas do parque. Conta com um Banco de Germoplasma, um Banco de Sementes e um Viveiro de Mudas, além de desenvolver atividade de educação ambiental. O Museu de Ciências Naturais tem sede no Jardim e conserva espécies da flora e da fauna do Patrimônio Natural do Estado.

Parque Farroupilha (Redenção)

Fica no Bairro Farroupilha. Nos seus 370 mil m2 de passeio encontram-se 45 monumentos em cobre e mármores, uma fonte luminosa e o monumento "O Expedicionário", representando um duplo Arco do Triunfo com esculturas em relevo que homenageiam os pracinhas da 2ª Grande Guerra. Conta ainda com mini-zôo, parque de diversão infantil, recanto solar, mercado, canchas de futebol e de bocha, passeio para bicicletas, pista de atletismo, aparelhos de ginástica e auditório para 4.500 pessoas. Aos domingos acontece a Feira do Brique da Redenção.

Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Parque Harmonia)

Situado no Bairro Cidade Baixa, possui 300 mil m2, abrigando em sua área a réplica de uma tradicional estância gaúcha - a Estância da Harmonia -, destinada à manutenção e prática da cultura regionalista. Conta, ainda, com pista de aeromodelismo, tanque para nautimodelismo, recantos infantis, canchas de futebol, bocha, quadras de vôlei e mais de 100 churrasqueiras distribuídas em diferentes áreas do parque.


Fundacao Ibere Camargo - Fabio Del Re


Parque Saint Hilaire

Situado na RS-040, na altura do km 02, este parque está a 17 km do Centro da cidade. Possui 11,8 km2, sendo 240 hectares destinadas ao lazer e 940 hectares reservados à preservação permanente. Sua denominação presta homenagem ao cientista Augustin François César Prouvençal de Saint-Hilaire, viajante e naturalista francês de reconhecimento internacional que viveu muitos anos no Brasil. A infra-estrutura do parque conta com campos de futebol, canchas de bocha, quadras de vôlei e de futebol de salão, pistas de aeromodelismo e patinação, playground e aproximadamente 100 churrasqueiras.


Parque Mascarenhas de Moraes

Oficialmente criado em 1984, o parque possui área total de 182.383 m2. Tem também uma reserva ecológica de aproximadamente 6 hectares, onde habitam muitas espécies da flora e da fauna. A Ala Sul do parque conta com playground e três quadras de vôlei; na ala central, localizam-se a administração do parque, canchas de futebol e bocha, quadras de vôlei, futebol sete e quadras polivalentes. O Parque Mascarenhas de Moraes fica no Bairro Humaitá.

Parque Chico Mendes

Presta homenagem ao preservacionista Francisco Alves Mendes Filho, o Chico Mendes, líder sindical dos seringueiros e grande defensor da floresta amazônica, assassinado em 1988, no Acre. O parque ocupa 247 mil m2 e situa-se em uma área ainda em fase de consolidação urbana. Apresenta bosque de eucaliptos e uma pequena reserva ecológica constituída basicamente por árvores nativas, que asseguram a sobrevivência de diversas espécies da avifauna. Dispõe também de quadra de vôlei, basquete, dois campos de futebol, três canchas de bocha, jogos de mesa, aparelhos de ginástica, pista de cooper, vestiários, playground e área com churrasqueiras. O Memorial Chico Mendes e o anfiteatro ao ar livre destinam-se a cerimônias e programações culturais.

Parque Marinha do Brasil

Ocupa uma área de 715 mil m2 no Bairro Praia de Belas. Dele é possível admirar as águas do Lago Guaíba. Os esportistas aproveitam muito o parque devido às características de sua infraestrutura - conta com quatro quadras de tênis, cinco quadras polivalentes, um campo de futebol, seis campos de futebol de salão, uma pista de atletismo, uma de patinação, uma de skate, nove canchas de futebol de areia, velódromo e aparelhos de ginástica. Há, também, aluguel de bicicletas e quadriciclos. Dispõe, ainda, de playground e um mini-parque de diversões. De sua área total, 11 hectares representam bosques e espaços gramados onde há árvores nativas e espécies exóticas.

Parque Moinhos de Vento

Possui 115 mil m2 e oferece infra-estrutura esportiva com campo de futebol, quadras de tênis, cancha de bocha, aparelhos de ginástica, pista de patinação, quadras polivalentes e pistas de atletismo. A sede administrativa do Parque foi construída sob a forma de um moinho de vento artificial que deságua como uma mini-cascata. No local vivem tartarugas, gansos, marrecos e peixes. A avifauna torna-se mais abundante nas épocas de frutificação das árvores e arbustos do parque. Existe, ainda, uma biblioteca infantil, com mil títulos, voltada sobretudo à literatura ecológica. O Parque fica no Bairro Moinhos de Vento.


Usina - Ricardo Stricher



Reserva Biológica do Lami

A cidade apresenta, nos limites de seu território, uma Reserva Biológica de 179 hectares. A Reserva Biológica do Lami abriga uma estação metereológica e um viveiro de mudas nativas. A diversidade de ambientes permite o crescimento de mais de 300 espécies vegetais e um número muito superior de espécies animais; os banhados e juncais são berçários para muitos organismos aquáticos.

Prédios Históricos

Porto Alegre é um imenso museu arquitetônico a céu aberto. Os diferentes estilos concentram-se sobretudo no centro da cidade, registrando nos prédios as influências que marcaram época na capital. Assim, caminhando pelas estreitas ruas do centro histórico, podem ser vistos prédios com características barrocas - como a Casa da Junta - dividindo espaço com a arquitetura moderna do Palácio Farroupilha - local onde hoje se reúne a Assembléia Legislativa do Estado.

Monumentos

Os monumentos da capital gaúcha podem ser vistos em vários pontos da cidade. Ora expostos em espaços públicos, como o Monumento Júlio de Castilhos, na Praça da Matriz, ora enfeitando a fachada de prédios públicos, como a coleção de estátuas que ornamentam a Antiga Prefeitura, na Praça Montevidéu. Porto Alegre possui também uma série de obras modernas, como o Monumento aos Açorianos, localizado em frente à Ponte de Pedra.

Centros Culturais

Porto Alegre oferece grandes espaços para shows, como o Anfiteatro Pôr-do-Sol, às margens do Lago Guaíba, ou áreas de exposições qualificadas, como as salas da Casa de Cultura Mário Quintana e da Usina do Gasômetro.


Ponte do Guaíba - Eduardo Tavares
CCBY All scientific articles published at bjcvs.org are licensed under a Creative Commons license

Indexes

All rights reserved 2017 / © 2022 Brazilian Society of Cardiovascular Surgery DEVELOPMENT BY